Central de Atendimento:(SAC)
(71) 4141-3400
Zona do euro pode ter recessão de até 1,5% em 2012, diz S&P

A zona euro tem uma chance de 40% de entrar em recessão este ano, com uma contração de até 1,5%, afirmou neste sábado (14) a agência de classificação Standard & Poor's (S&P), alertando que as políticas dos governos da região estão focadas demais em redução de dívida.

"O risco de recessão está aumentando e agora calculamos uma probabilidade de recessão de 40% para este ano", disse o analista de crédito Moritz Kraemer durante teleconferência. "Isso poderia levar a economia da zona do euro a ter uma contração de cerca de 1,5%."

Rebaixamento
Na sexta-feira (13), a S&P rebaixou os ratings da dívida soberana de 9 dos 17 membros da zona do euro e disse estar desapontada pelo fato de o Banco Central Europeu (BCE) não ter intensificado as compras de títulos do bloco no mercado secundário.

Com isso, França e Áustria, tiveram suas notas rebaixadas de "AAA" para "AA+". Esses dois países detinham, até então, as notas mais altas na escala da agência, o que significa que suas dívidas representavam praticamente nenhum risco aos tomadores.

Com a redução, apenas quatro países entre os 17 da zona do euro têm, agora, a classificação “AAA”: Alemanha, Holanda, Finlândia e Luxemburgo.

Também foram reduzidos, na sexta-feira, os ratings de Chipre, Itália, Portugal e Espanha, em dois degraus. Malta, Eslováquia e Eslovênia "perderam" uma posição.

Fonte: G1