Central de Atendimento:(SAC)
(71) 4141-3400
Conheça os 20 trechos mais perigosos das BRs

Para quem trabalha diariamente com transporte, seja de mudança ou de carga, a segurança nas estradas é uma questão prioritária. Uma rodovia perigosa se converte em ameaça constante, tanto para a estrutura da frota como para o bem-estar do trabalhador. Para difundir informação e alertar os profissionais, reunimos aqui os 20 trechos mais perigosos das rodovias brasileiras.

Para a elaboração do ranking, foram considerados os registros de acidentes e mortes ao longo de 2013. O listado indica trechos específicos das BRs, já que as ocorrências tendem a se concentrar em trajetos de aproximadamente 10 km, e não na totalidade da estrada. A BR-101 foi a rodovia com pior desempenho, contribuindo com sete dos 20 trechos mais perigosos.

Os dados são de estudo conjunto da Polícia Rodoviária Federal e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgado recentemente. Para estabelecer a pontuação, além do total de mortes, foi criado o índice de gravidade, no qual acidentes sem vítima contabilizam 1 ponto, ocorrências com feridos somam 5 pontos e acidentes com morte valem 25 pontos.

1) BR-101: entre São José e Palhoça (SC), do Km 200 ao Km 210.

Acidentes: 1.049
Feridos: 516
Mortes: 13
Índice de gravidade: 3.954

2) BR-381 (Fernão Dias): em Betim (MG), do Km 490 ao Km 500.

Acidentes: 889
Feridos: 273
Mortes: 20
Índice de gravidade: 2.754

3) BR-116 (Régis Bittencourt): em Taboão da Serra (SP), do Km 220 ao Km 230.

Acidentes: 612
Feridos: 313
Mortes: 18
Índice de gravidade: 2.627

4) BR-101: em Palhoça (SC), do Km 210 ao Km 220.

Acidentes: 531
Feridos: 339
Mortes: 14
Índice de gravidade: 2.576

5) BR-381 (Fernão Dias): em Betim (MG), do Km 480 ao Km 490.

Acidentes: 999
Feridos: 244
Mortes: 12
Índice de gravidade: 2.519

6) BR-316: em Marituba (PA), do Km 0 ao Km 10.

Acidentes: 912
Feridos: 249
Mortes: 13
Índice de gravidade: 2.482

7) BR-262: em Cariacica, entrada para Vitória (ES), do Km 0 ao Km 10.

Acidentes: 780
Feridos: 291
Mortes: 4
Índice de gravidade: 2.335

8) BR-101 (Rodovia Mário Covas): em Serra (ES), do Km 260 ao Km 270.

Acidentes: 917
Feridos: 217
Mortes: 11
Índice de gravidade: 2.277

9) BR-116 (Régis Bittencourt): em Taboão da Serra (SP), do Km 210 ao Km 220.

Acidentes: 549
Feridos: 246
Mortes: 16
Índice de gravidade: 2.179

10) BR-222: em Fortaleza (CE), do Km 0 ao Km 10.

Acidentes: 420
Feridos: 281
Mortes: 13
Índice de gravidade: 2.150

11) BR-230 (Transamazônica): em João Pessoa (PB), do Km 20 ao Km 30.

Acidentes: 456
Feridos: 277
Mortes: 9
Índice de gravidade: 2.066

12) BR-376: em Sarandi (PR), do Km 170 ao Km 180.

Acidentes: 487
Feridos: 303
Mortes: 2
Índice de gravidade: 2.052

13) BR-116 (Régis Bittencourt): entre Canoas e Esteio (RS), do Km 260 ao Km 270.

Acidentes: 936
Feridos: 177
Mortes: 4
Índice de gravidade: 1.921

14) BR-282: em Florianópolis (SC), do Km 0 ao Km 10.

Acidentes: 504
Feridos: 235
Mortes: 4
Índice de gravidade: 1.779

15) BR-116 (Via Dutra) em São João do Meriti (RJ), do Km 170 ao Km 180.

Acidentes: 617
Feridos: 171
Mortes: 11
Índice de gravidade: 1.747

16) BR-116 (Santos Dumont): em Fortaleza (CE), do Km 0 ao Km 10.

Acidentes: 471
Feridos: 154
Mortes: 17
Índice de gravidade: 1.666

17) BR-101: em Recife (PE), do Km 60 ao Km 70.

Acidentes: 520
Feridos: 158
Mortes: 12
Índice de gravidade: 1.610

18) BR-101: em Natal (RN), do Km 90 ao Km 100.

Acidentes: 648
Feridos: 141
Mortes: 9
Índice de gravidade: 1.578

19) BR-101 (Rodovia Mário Covas): em Serra (ES), do Km 140 ao Km 150.

Acidentes: 364
Feridos: 227
Mortes: 3
Índice de gravidade: 1.574

20) BR-101: em Campos dos Goytacazes (RJ), do Km 220 ao Km 230.

Acidentes: 742
Feridos: 135
Mortes: 6
Índice de gravidade: 1.567

Fonte: Mudanca.com