Central de Atendimento:(SAC)
(71) 4141-3400
Diferença entre pacotes de tarifas bancárias chega a 70%

A diferença de valor entre os pacotes padronizados de tarifas bancárias pode chegar a 70%, segundo pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP e divulgada nesta quinta-feira.

O menor valor encontrado foi de R$ 10 (Caixa Econômica Federaç) e o maior, de R$ 17 (Safra).

A pesquisa comparou as tabelas de serviços prioritários e de pacote padronizado vigentes em 16/05/11 com as praticadas em 16/05/12 em sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander.

O levantamento constatou que somente a Caixa reduziu o valor do pacote, que inclui cadastro para início de relacionamento, oito saques por mês, quatro extratos mensais, dois extratos do período referente ao mês imediatamente anterior e quatro transferência entre contas na própria instituição.

O Procon informou ainda que comparou os serviços prioritários. O Banco do Brasil subiu seis tarifas, sendo a maior variação de 14,81% no depósito identificado. O Bradesco aumentou nove tarifas. O extrato mensal teve a maior variação, de 43,75%.

Já o Itaú elevou oito tarifas, com a maior alta de 40,44% para a exclusão do cadastro dos emitentes de cheques sem fundos. Na Caixa, houve uma mudança, com 59,26% de variação na concessão de adiantamento a depositante.

HSBC e Santander mantiveram as taxas, enquanto o Safra reduziu cinco e aumentou 16.

Fonte: Folha online